terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Como fazer uma festa em casa no estilo DIY.

Algumas pessoas pensam que fazer festa em casa é difícil. Mas eu vou mostrar pra vocês que não é. E vou ainda mais além: fazer festa em casa é uma delícia!
Cada dia eu fico mais encantada com as possibilidades que uma festa caseira traz. Vejo a criatividade das minhas clientes, dos sites americanos e visto a camisa do DIY ou o nosso bom e velho "faça você mesmo".
Acho que toda a minha motivação e inspiração vem da minha infância. O cheiro do bolo mais gostoso do mundo que eu falei lá no Mamatraca. A decoração feita pela minha mãe e é claro, o clima familiar das nossas festas.
A minha proposta de decoração e de doces é justamente de resgatar esse clima familiar das festas de antigamente que foi se perdendo ao longo dos anos com a chegada dos buffets infantis. Porque se tem uma coisa que eu detesto com todas as minhas forças é festa de criança em buffet #prontofalei.

Mas chega de papo e vamos aos fatos:

Primeiro: festa em casa remete a aconchego que remete a quantidade de pessoas. Impossível fazer uma festa caseira e convidar 150 pessoas. Por isso pense em um número significativo de pessoas e selecione quem será convidado.

Segundo: escolha o local para montar a mesa. Tem que ser em um lugar com visibilidade mas ao mesmo tempo que não fique no meio da casa.

Terceiro: escolha uma toalha de mesa bonita. Hoje em dia com a quantidade de tecidos lindos eu duvido que não existe algo que te agrada.

Quarto: nem toda festa precisa ter tema. Aliás, festas lindas são produzidas apenas em cima de cores, tecidos e flores. Detalhe importante: menos é mais.

Quinto: Balões são caros e é um dinheiro que vai diretamente pra lata de lixo. Se alguém conseguir me explicar o motivo de colocar 1.500 balões em uma festa eu ficarei bem feliz. Nesse quesito também menos é mais.

Sexto: Escolha comidinhas deliciosas e que tenha haver com você e com os seus convidados. Não dá pra colocar só fritura e refrigerante nas festas das crianças pequenas. As opções hoje em dia são inúmeras para servir bebidas e comidas de verdade.

Sétimo: Música boa e com volume adequado é tão importante quanto todos os intens acima.

Oitavo: Proporcione lugares para todos os seus convidados se sentarem. Pode parecer bobeira mas é muito desgradável estar em um lugar aonde as pessoas não podem ficar à vontade.

Nono: Lembre-se que a festa é para as crianças e necessita um espaço adequado para elas brincarem. Envolva as crianças na arrumação da casa e na confecção de alguma guloseima. É uma ótima estratégia de deixar as crianças calmas e felizes.

Décimo: Não tenha pretenção de "causar" impacto nos seus convidados. As festas caseiras tem o objetivo de reunir os mais íntimos não é um ringue de competição de festas.

Agora vamos as fotos:

Festa da Alice:





Legenda:

Foto1: lembrancinha decorada pela aniversariante;
Foto 2: docinhos diversos by A Doceria da Tathy;
Foto 3: Pãozinho delícia by Renata;
Foto 3: Decoração floral despretenciosa e sem tema by A Doceria da Tathy. Balões? Só esses de cima da mesa, obrigada!!!


Festa do Otto:





Legenda:

Foto1: Otto em seu balanço curtindo o vento;
Foto 2: cupcakes by A Doceria da Tathy;
Foto 3: crianças brincando na festa do Otto;
Foto 4: mesa decorada pela Tati Ximenez, mãe do Otto;

3 comentários:

Super concordo com esse lance de baloes... me enfada festas cheias de baloes, o barulho das crianças estourando e a sujeira q fazem nao vale a pena... além disso depois que fiquei sabendo do preço, desisti total. A-do-ro festas com jeitinho daquelas feitas em casa da nossa epoca! Estou planejando o um aninho da minha filha... vai ser de matrioska...e apesar de contratar decorador pra me deixar um pouco despreocupada no dia, já disse que nao queria muitas bolas a nao ser algumas de gás helio... sabe o que me disse???? Achei as referencias q me passou muito sem graça... tudo por causa da falta da benditas bolas!!! COntinuo com a mesma opinião: nada de 6950 bolas! Acho flores naturais muito melhor...

Adorei o blog!

Realmente Ju, eu também detesto essa quantidade exagerada de balões, na verdade detesto tudo o que é exagerado em se tratando de decoração, porque até mesmo festas que tem o slogan de clean e moderna tmb pode ser tornar um baile de exagero. Sou minimalista de natureza. E se vc conhece o pinterest vale a pena garimpar referências de festas e enviar ao seu decorador pra ele ver o quanto o menos pode ser belo ao olhos (e ao bolso). Bjs e obrigada pela visita.

Oi Tathy
Faço festas personalizadas e também não sou muito fã de balões,mas tem clientes que exigem...As vezes querem economizar em alguns itens como lembrancinha e jogam dinheiro fora com tantos balões.
Parabéns pelo seu blog,adorei.
bjs
Andréa Pignatari

Postar um comentário